Tatuadora cobre as marcas de mulheres vítimas de violência

Flávia Carvalho, sofreu abusos de um ex-namorado, hoje ela ajuda outras mulheres.
A ideia é que cobrir as marcas deixadas na pele com belas tatuagens, ajuda a fazer sumir os traumas causados pela violência.


Através do projeto “À Flor da Pele”, Flávia cobre cicatrizes de facas, balas e também de mastectomias.

“Comecei o projeto há pouco tempo e não tinha ideia de que iria receber essa atenção da mídia”.  Tudo começou de forma muito espontânea. Como eu disse, os meus serviços são cem por cento voluntários e o único custo que as mulheres têm é em escolher um desenho para suas tatuagens! ”, conta Flávia.

“O que mais me chocou foi a história de uma menina de 17 anos que namorou um homem mais velho e, durante meses, sofreu com a relação fisicamente abusiva”

 huffingtonpost / Flavia Carvalho
huffingtonpost / Flavia Carvalho

“Quando ela viu a tatuagem, ficou extremamente comovida, o que me tocou profundamente”

 huffingtonpost / Flavia Carvalho
huffingtonpost / Flavia Carvalho

Esta tatuagem cobriu uma cicatriz causada por um ferimento à bala.

 huffingtonpost / Flavia Carvalho
huffingtonpost / Flavia Carvalho

Ela realiza tatuagens de forma gratuita para as mulheres que fizeram mastectomia

 huffingtonpost / Flavia Carvalho
huffingtonpost / Flavia Carvalho
 huffingtonpost / Flavia Carvalho
huffingtonpost / Flavia Carvalho
 huffingtonpost / Flavia Carvalho
huffingtonpost / Flavia Carvalho

“Ela me disse que estava em uma boate e quando  recusou um homem que se aproximou dela, foi esfaqueada com uma navalha”

 huffingtonpost / Flavia Carvalho
huffingtonpost / Flavia Carvalho

Deixe sua opinião